Contos e Crônicas

Poemas

Livros Solo

  • Artigos & Entrevistas

    POR QUE?

    Não tenho respostas e as perguntas se acumulam. Queria entender, só que cada vez, num olhar para o lado, numa busca com os olhos, as situações escancaradamente bárbaras me dão unicamente…

  • Contos e crônicas Textos

    DA VIOLÊNCIA DA PAIXÃO

    Meu pensamento capturou de ti a imagem. Meu coração, apenas a essência. Agora, preso que estás dentro de mim, me diga: para que liberdade se a paixão acorrenta e amordaça e…

  • Poemas Textos

    A LARVA

    Quieta em seu canto ela impaciente espera… Passa o tempo como se estivesse adormecida… Tantas virtudes acumuladas na gaveta! Sonhos tão cheios de glória, que nem ousa crer… Dentro dela encontram-se…

  • Poemas Textos

    A LUZ DO DIA

    Antes de cada noite ainda será dia e mesmo  a tarde ainda será dia… e mesmo se o sol estiver no berço amável das nuvens ainda será dia. Há esperança no…

  • Contos e crônicas Textos

    A LUZ

    Fez-se luz. E então percebeu-se pela primeira vez a existência da escuridão. Povoada e plena. Viva e diferente. Em sua exuberância a luz mostrou a imensidade da escuridão. Trouxe com ela…

  • Contos e crônicas Textos

    A CULPA NO PALCO

    Do centro do palco ela olhava o teto, olhos vagos e opacos. Falava de culpa, descrevia em seu monólogo a dor profunda que o punhal representava ali em suas mãos. Não…

  • Poemas

    AUSÊNCIA E PRESENÇA

    E a ausência nua tendo se tornado saudade amplifica os sentidos: cheiro voz presença tua em mim. Em meus pensamentos sentimentos que se disfarçam em olhares perdidos. Na primeira ocasião em…

  • Poemas

    ATRAVÉS DA CORTINA

    Você me olha através da cortina… Você me vê através da cortina. Mas não vê meus olhos que olham de volta dentro dos seus. Porque o silêncio é um retorno e…

  • Contos e crônicas

    FASCÍNIO

    O fascínio dos sonhos nunca é o mesmo ao amanhecer. Quando os olhos se abrem e as imagens fogem para algum lugar lá dentro de nós, ficamos entre o desejo de…

  • Poemas

    ROTINA

    Enquanto eu tentava achar uma roupa ela passava roupas em silêncio. O mesmo silêncio que entre nós se fazia absurdo surdo um penhasco, um abismo. Já fazia tempo. Quanto tempo? Que…