Textos

Nas próximas páginas você encontrará meus textos para sua leitura.
São textos compilados através dos anos, chegando à atualidade.
Dividi em três categorias: Poemas, Contos e Crônicas e Desvarios (onde se encontram minhas frases e pensamentos).
Os textos mais antigos guardam seus aspectos primeiros, ou seja, se falam da atualidade da época ou se retratam um momento específico de minha vida, não foram atualizados.
Achei correto manter o conteúdo original por entender que cada pedaço da vida da gente é importante do seu jeito.
Muitos destes textos já foram publicados em livros meus e algumas antologias de amigos. Para conhecer melhor minhas publicações, visite a seção deste site intitulada Meus Livros.

  • Desvarios

    PENSEI…

    Escritor poeta ou poeta escritor? Escritor ou poeta? Poeta ou escritor? Em que lugar se encontram a prosa e o verso? Onde se entrelaçam os textos? Quando se descobre a poesia…

  • Desvarios

    PENSEI…

    Somos o que somos. E também o que construimos ao longo da vida. Somos o que dizemos, o que fazemos, o que pensamos.  E somos também a memória que permanece no…

  • Poemas

    HAVERIA? E SE HOUVESSE?

    Haveria em segredo um país das fadas?E se houvesse?Seria ele mais belo, mais mágico, mais rico,mais colorido?Seria ele diferente? E se fosse? Seria tão diferente assim…ao ponto de fazer-nos desejá-lomais do…

  • Poemas

    DEIXE ESTAR

    a vida seguiráindependentemente de mimde nósde qualquer coisa…ela levará com ela  apenas o que fizermos e que chamaremos destino… então deixe estar leve o dia leve, leve, leve… não enfrente os…

  • Contos e crônicas

    LOBAS

    A loba vai na frente, não há lobo para seguir. Olhando para trás volta e meia, ela guia outras lobas e seus filhos. Desde que os lobos se foram, as lobas…

  • Poemas

    ALMA INQUIETA

    fale comigo grite comigo encha o silêncio de sons. neste momento os diálogos interiores estão me ensurdecendo. estas vozes na minha cabeça estão me enlouquecendo. mesmo os ruídos de meu corpo…

  • Poemas

    INSTINTO CEGO

    meu instinto me diz: vai, navega, segue em frente, enfrenta o horizontete descobre, descobre teu corpo, teus pensamentos, medos, voz…ultrapassa o visível, flutua, voa, voa, voa, abre a fé e alcança…

  • Desvarios

    PRATA, O MAR

    O mar neste fim de tarde veste-se de prata, oscila ao som da música do vento que canta desde cedinho. Olho para ele e depois olho outra vez, me perdendo no…

  • Desvarios

    DO DESTINO…

    Se eu atravessei alguma rua sem ver… Se escolhi uma rua ao invés de outra… Se meu caminho ficou mais curto ou mais longo… O que importa? O destino, quando eu…

  • Desvarios

    JANELAS FECHADAS

    Por janelas fechadas não entra o sol. E mesmo se há frestas e um raio de luz lhe atravessa, a casa quer se abrir. Quer respirar o ar do mar e…