Contos e Crônicas

Poemas

Desvarios

  • Poemas

    SÓ PALAVRAS

    Há princípios nos fins… eternamente ou nunca. Todo Jamais não manterá sua palavra assim como os Sempre. E os fins, em si mesmo não guardam princípios. Todos são palavras e palavras…

  • Contos e crônicas Desvarios

    NUM MOMENTO IMPRECISO

    Fosse o que fosse eu estaria liberta. Um passo ou dois adiante e bastaria. Mas não, não foi bem assim. Voltei, os arrependimentos voando como raios em pleno céu. Voltei, te…

  • Poemas

    O SUBLIME CHEGAR DO SONO

    Nas horas vãs o sono se acumula deita sobre os olhos cansados enfeita-se de promessas de sonhos até levar o corpo ao leito… Num ímpeto, recuso e me levanto! Falta coragem…

  • Poemas

    PORTAS E PORTAS

    Portas fechadas abertas encostadas derrubadas trancadas… Únicas, múltiplas, giratórias, espalhadas, escondidas… Portas pintadas descascadas enferrujadas novas velhas… Portas com trancas e fechaduras e correntes… Portas jogadas para trás… Portas de casa,…

  • Poemas

    FONTE

    água jorrando intensamente cai e o chão a recebe a terra com sede bebe… a fonte nunca fecha. inverno, todas as estações e o céu apenas observa: de si nem cai…

  • Contos e crônicas

    COISAS AZUIS

    Olhando para o céu, percebi o inverno chegando. As nuvens tinham um não sei quê que me confessavam a chegada do frio e o próprio azul infinito era bastante diferente dos…

  • Poemas

    INCONSTÂNCIA

    não quero pisar firme não quero terra firme sob os meus pés cansados… quero a areia molhada das ondas do mar calmo esperando o vento para dançar… não quero a segurança…

  • Contos e crônicas

    DA JANELA, OS RUÍDOS…

    Abro as janelas novamente para ouvir a rua. Dela me chega a vida de todo dia e, como sou muito urbana, gosto, gosto muito de me deixar ir e acompanhar pelo…

  • Poemas

    ENCONTROS

    Busco-me e, sinceramente, não me encontro mais. Tento resgatar aquela que sempre imaginei feliz um dia. Mas não encontro mais. A que tinha sonhos brancos e palavras azuis. Que tinha sorrisos…

  • Poemas

    FACA CURVA

    entrou e ficou. mas antes de parar, mexeu. contorcionou-se como um ser cheio de dor. causou dor, quase a morte. no fim das contas, matou mesmo. a faca fez suar, o…