Livros Livros Solo

O Silêncio Alheio

Prepare-se para ler um livro que não vai deixar você indiferente. São situações que refletem a rotina… ou a ausência total dela! Histórias curtas que vão fazer você se divertir e talvez em alguns momentos ficar até mesmo inconfortável. O Silêncio Alheio é um livro que conta a vida em forma de contos (curtos, curtíssimos!) onde o próprio gênero se mescla a outros gêneros: o conto que cronica o cotidiano, a poesia do conto que desvenda os algos que a alma não revela. Uma leitura rápida que demandará certamente outras leituras onde reflexões se farão: e se outros finais acontecessem?

 

Capa aberta do livro O Silêncio Alheio

 

SILÊNCIO MEU

Para Jacqueline Aisenman (lendo O Silêncio  Alheio)

Estou com o nó da garganta deslumbrado

Estou com o soluço suspenso

Amordaçado

Algo enlinhado nos alvéolos

Rememorando « ids » que calados temiam…

Ou que suplantados   pelo que leio

Mostram-me uma cegueira de individuo

De miopia não buscada!

Quando o silêncio alheio me desvenda os feitos

Os trejeitos de um plural disperso

Vejo que o humano conheço mais um pouco

Vejo de perto seu desenhado calabouço

E  que nas  suas investidas é genial e louco.

 

(Roselis BATISTAR, Doutora em Letras (Portuguesa, Espanhola e Russa), Professora Universitária e Escritora)