Textos

Nas próximas páginas você encontrará meus textos para sua leitura.
São textos compilados através dos anos, chegando à atualidade.
Dividi em três categorias: Poemas, Contos e Crônicas e Desvarios (onde se encontram minhas frases e pensamentos).
Os textos mais antigos guardam seus aspectos primeiros, ou seja, se falam da atualidade da época ou se retratam um momento específico de minha vida, não foram atualizados.
Achei correto manter o conteúdo original por entender que cada pedaço da vida da gente é importante do seu jeito.
Muitos destes textos já foram publicados em livros meus e algumas antologias de amigos. Para conhecer melhor minhas publicações, visite a seção deste site intitulada Meus Livros.

  • Poemas Textos

    A LARVA

    Quieta em seu canto ela impaciente espera… Passa o tempo como se estivesse adormecida… Tantas virtudes acumuladas na gaveta! Sonhos tão cheios de glória, que nem ousa crer… Dentro dela encontram-se…

  • Poemas Textos

    A LUZ DO DIA

    Antes de cada noite ainda será dia e mesmo  a tarde ainda será dia… e mesmo se o sol estiver no berço amável das nuvens ainda será dia. Há esperança no…

  • Contos e crônicas Textos

    A LUZ

    Fez-se luz. E então percebeu-se pela primeira vez a existência da escuridão. Povoada e plena. Viva e diferente. Em sua exuberância a luz mostrou a imensidade da escuridão. Trouxe com ela…

  • Contos e crônicas Textos

    A CULPA NO PALCO

    Do centro do palco ela olhava o teto, olhos vagos e opacos. Falava de culpa, descrevia em seu monólogo a dor profunda que o punhal representava ali em suas mãos. Não…

  • Poemas

    AUSÊNCIA E PRESENÇA

    E a ausência nua tendo se tornado saudade amplifica os sentidos: cheiro voz presença tua em mim. Em meus pensamentos sentimentos que se disfarçam em olhares perdidos. Na primeira ocasião em…

  • Poemas

    ATRAVÉS DA CORTINA

    Você me olha através da cortina… Você me vê através da cortina. Mas não vê meus olhos que olham de volta dentro dos seus. Porque o silêncio é um retorno e…

  • Blog Contos e crônicas

    FASCÍNIO

    O fascínio dos sonhos nunca é o mesmo ao amanhecer. Quando os olhos se abrem e as imagens fogem para algum lugar lá dentro de nós, ficamos entre o desejo de…

  • Poemas

    ROTINA

    Enquanto eu tentava achar uma roupa ela passava roupas em silêncio. O mesmo silêncio que entre nós se fazia absurdo surdo um penhasco, um abismo. Já fazia tempo. Quanto tempo? Que…

  • Poemas

    A CHUVA E EU

    Ando sob a chuva ela cai e seu barulho é música seus pingos bênçãos seu odor, perfume. A chuva é minha companheira com ela converso em silêncio e as emoções vivas…

  • Contos e crônicas Desvarios

    (IN)GRATIDÃO

    _ Eu não quero que voltes nunca mais aqui! _ Mas como? Eu preciso… eu… _ Não, não precisa. Ninguém merece. Esta terra não merece. Me promete. Me diz que não…

  • Contos e crônicas

    MANTER A DESORDEM

    Zulmira chegara cedo ao trabalho e já tinha, com toda sua eficiência, realizado praticamente todo o serviço do dia. Olhava sua mesa, organizada como sempre, quando chegou o colega. _ Pelamordedeus!…

  • Contos e crônicas

    DESABROCHAR

    DESABROCHAR POSTADO Ela despiu o corpo e entregou-se ao tempo. Vestia somente a alma, de amor viva. Toda sua juventude começava a florescer sem que nem mesmo se desse conta…Verdes folhas…