Poemas

Todas as coisas têm seu mistério, e a poesia é o mistério de todas as coisas.
Federico Lorca

Nesta seção você encontrará meus poemas. Há muitas variações, não costumo usar técnicas e, na grande maioria das vezes, apenas escrevo, com muito sentimento e sem métrica. Gosto de me expressar sem fazer rascunhos, então você irá ler aqui textos que saíram de mim e não foram, em sua grande parte, revisados ou relidos antes de publicar. Mas como a vida é aprendizado, gosto também de criar estilos, contar versos e rimas… Ou me deixo apaixonar por algum estilo e então crio poemas em consequência!

  • Poemas

    Cartas

    das cartas enviadas (ou engavetadas, rasgadas, torturadas, trituradas, amassadas, queimadas) das cartas recebidas (lidas, guardadas, esquecidas, choradas, lembradas, relidas, perdidas) cartas que não chegam mais!…

  • Poemas

    Doses de Felicidade

    aplacar a dor enfrentar o torpor esquecer o rancor… a realidade ou a dose? felicidade ou pose? quando a calma e a alegria chegam a nós não através da natureza, daquele…

  • Poemas

    PRESO ENTRE AS LINHAS

    ainda preso entre as linhas, o verbo a discutir sem serenidade com o adjetivo (sugestivo) sem piedade tentando reaver a razão para ainda existir acima da felicidade. o verbo está preso!…

  • Poemas

    ABRAÇAR O IMPOSSÍVEL

    abraço o impossível e com ele danço… a dança lenta dos ausentes dos perdidos dos que não sabem coisa alguma das horas vindouras. juntos despedaçamos esperanças desconstruímos possibilidades e desta forma…

  • Poemas

    DESPERTAR FORA DE HORA

    existe no relógio uma hora marcada para despertar? ou toda e qualquer hora pode ser possível acordar? seria preciso esperar pelo tocar estridente do relógio? ou é possível despertar no instante…

  • Poemas

    UM RAIO DE SOL

    penetrou pela fresta da janela um raio de sol fez caminho riscou o chão rabiscou a cadeira arranhou a mesa com sua luz… meus olhos estranharam meio que ofuscados pela claridade…

  • Poemas

    NÃO DORMIR

    nas horas vãs o sono se acumula deita sobre os olhos cansados enfeita-se de promessas de sonhos até levar o corpo ao leito… num ímpeto recuso e me levanto. falta coragem…

  • Poemas

    SOLIDÃO DE UM INSTANTE

    uma única luz abrindo caminho mostrando a direção que o vento mostraria se não estivesse ausente… uma luz velada uma imagem mais do que uma voz guiando o coração para dentro…

  • Poemas

    UM SILÊNCIO A MAIS

    há agora um silêncio nesta casa que nunca pedi. um silêncio estranho, que é mais vazio que outra coisa. um silêncio que não alivia, estorva. sinto falta dos burburinhos pequenos barulhos,…

  • Poemas

    MINHA NOITE

    Era noite e a noite era minha estava dentro de mim esperando ser parida esperando nascer madrugada virar dia ir pra vida ser vivida e um dia voltar pra mim…  …