Poemas

Todas as coisas têm seu mistério, e a poesia é o mistério de todas as coisas.
Federico Lorca

Nesta seção você encontrará meus poemas. Há muitas variações, não costumo usar técnicas e, na grande maioria das vezes, apenas escrevo, com muito sentimento e sem métrica. Gosto de me expressar sem fazer rascunhos, então você irá ler aqui textos que saíram de mim e não foram, em sua grande parte, revisados ou relidos antes de publicar. Mas como a vida é aprendizado, gosto também de criar estilos, contar versos e rimas… Ou me deixo apaixonar por algum estilo e então crio poemas em consequência!

  • Poemas

    (IN)JUSTIÇA

    São dois pesose as medidassão duas.São duas medidase os pesossão dois.A balança,em eternodesequilíbrio,perde-sena loucurade nunca maisentenderpara que serve. Image by Florence Q.https://twitter.com/FlorensiQ…

  • Poemas

    MASSACRE

    Você se constrói sobre as dores aquelas que se inflam com o sofrimento e levam tudo em nós definhar… Você se eleva pisando os acontecimentos Subtraindo-se às doces cores e se…

  • Poemas

    ACEITAÇÃO

    não me julgue não me condene não fale de mim…   não me tolere não me subestime não finja gostar de mim…   mas respeite as minhas cores aceite minhas decisões…

  • Poemas

    MENINA MÁ

    Menina má: seus olhos estão além! Vou ressuscitar todos os mortos, vou soltá-los todos e ver no que dá. Menina má: seus lábios não se fecham! Quero ver quando os de…

  • Poemas

    VASO VAZIO

    Vaso vazio. Água longe. A flor no chão.   A paixão desmanchou-se nos dias e não sobreviveu às saudades murchas… Photo by Sasha&Dasha Bakani on Unsplash…

  • Poemas

    ABAIXO DO HORIZONTE

    olho e procuro. quero ver o horizonte, a linha que, simbolicamente, separa o chão do céu… olho, procuro e não acho. talvez sejam meus olhos cegados pela poluição das ruas e…

  • Poemas

    PRESA

    presa ao que criei para sobreviver, me mantenho… presas afiadas mais afiadas que as unhas. encolhida num sono quase perpétuo me mantenho… colhida em flor flor ingênua e nua de intenções……

  • Poemas

    MINHAS ENTRANHAS SAEM…

    … elas saem de mim carregando do âmago todo ódio, todas as raivas, os rancores cheios de fel.. … mas também estão cheias de paixão amores acondicionados em plásticos corporais sufocados…

  • Poemas

    ASAS

    asas para que, se o peso dos meus pés não me deixa voar? asas para ir onde, se perdi o tino e nem mesmo sei onde estou? asas para quem, se…

  • Poemas

    QUASE O TEMPO…

    é quase tempo do calor partir o calor excessivo que satura o corpo… quase tempo de ver chegar a brisa as chuvas leves o leve frio… quase tempo de ver as…