Contos e crônicas

Escrever é uma maneira de falar sem ser interrompido.
Jules Renard
Nesta seção você encontrará minhas crônicas e contos.
Não espere uma “divisão” entre os gêneros. A linha tênue que sempre existe entre eles, aqui é ainda mais frágil: costumo brincar, misturar, fazer experiências. E, como na poesia, também não faço rascunhos. É meu jeito de expressão, escrita simples e emocional.

  • Contos e crônicas

    INCERTEZAS

    Não me prendo mais às certezas que antes norteavam cada hora de minha vida. Elas me dirigiam, como um diretor dirige um filme, roteiro em mão, pronto, com começo, meio e…

  • Contos e crônicas Desvarios

    FERIDA?

    Penso que sou, como todos sobre a face da Terra, uma pessoa ferida pela vida. A vida, como se sabe, tem uma espécie de excesso de zelo pelo ensino de suas…

  • Contos e crônicas

    O PÁSSARO

    Todos os dias ouço o pássaro que canta. Não fosse eu morar num setor bastante urbanizado da cidade, as árvores atrás do condomínio me bastariam para compreender o canto do pássaro.…

  • Contos e crônicas Desvarios

    NUM MOMENTO IMPRECISO

    Fosse o que fosse eu estaria liberta. Um passo ou dois adiante e bastaria. Mas não, não foi bem assim. Voltei, os arrependimentos voando como raios em pleno céu. Voltei, te…

  • Contos e crônicas

    COISAS AZUIS

    Olhando para o céu, percebi o inverno chegando. As nuvens tinham um não sei quê que me confessavam a chegada do frio e o próprio azul infinito era bastante diferente dos…

  • Contos e crônicas

    DA JANELA, OS RUÍDOS…

    Abro as janelas novamente para ouvir a rua. Dela me chega a vida de todo dia e, como sou muito urbana, gosto, gosto muito de me deixar ir e acompanhar pelo…