Todos os Posts de

Jacqueline Aisenman

Poemas

Doses de Felicidade

aplacar a dor enfrentar o torpor esquecer o rancor… a realidade ou a dose? felicidade ou pose? quando a calma e a alegria chegam a nós não através da natureza, daquele ar de quem quer nada e simplesmente é.…

Poemas

PRESO ENTRE AS LINHAS

ainda preso entre as linhas, o verbo a discutir sem serenidade com o adjetivo (sugestivo) sem piedade tentando reaver a razão para ainda existir acima da felicidade. o verbo está preso! solte o verbo! deixe-o ser! desconstrua o viver!…

Contos e crônicas

CORAGEM

Postei agora há pouco aquela foto. Ninguém notou o que ela realmente significa. Acharam bela, clicaram mais de mil vezes sobre ela mostrando o quanto a amaram. Ou gostaram. Tanto faz. O que importa (ou não!) é que não…

Poemas

ABRAÇAR O IMPOSSÍVEL

abraço o impossível e com ele danço… a dança lenta dos ausentes dos perdidos dos que não sabem coisa alguma das horas vindouras. juntos despedaçamos esperanças desconstruímos possibilidades e desta forma desta única forma mantemos na boca o gosto…

Poemas

DESPERTAR FORA DE HORA

existe no relógio uma hora marcada para despertar? ou toda e qualquer hora pode ser possível acordar? seria preciso esperar pelo tocar estridente do relógio? ou é possível despertar no instante qualquer o instante que se quer apenas porque…

Poemas

UM RAIO DE SOL

penetrou pela fresta da janela um raio de sol fez caminho riscou o chão rabiscou a cadeira arranhou a mesa com sua luz… meus olhos estranharam meio que ofuscados pela claridade rara… mas um sorriso tomou meu rosto e…

Poemas

NÃO DORMIR

nas horas vãs o sono se acumula deita sobre os olhos cansados enfeita-se de promessas de sonhos até levar o corpo ao leito… num ímpeto recuso e me levanto. falta coragem há tempos a estiagem tomou conta de mim……

Poemas

SOLIDÃO DE UM INSTANTE

uma única luz abrindo caminho mostrando a direção que o vento mostraria se não estivesse ausente… uma luz velada uma imagem mais do que uma voz guiando o coração para dentro de onde não sairia se estivesses presente…  …

Poemas

UM SILÊNCIO A MAIS

há agora um silêncio nesta casa que nunca pedi. um silêncio estranho, que é mais vazio que outra coisa. um silêncio que não alivia, estorva. sinto falta dos burburinhos pequenos barulhos, ruídos conhecidos rotineiros alheios à minha vontade e…