Todos os Posts de

Jacqueline Aisenman

Desvarios

REFLEXÕES E OUTROS DETALHES DA VIDA…

Há momentos que chegam em nossa vida e nos fazem refletir ao ponto de mudarmos o caminho, redobrarmos as forças, repensar os objetivos, abandonar certezas, até mesmo recriar o que fomos até ali. E há os outros momentos, aqueles…

Artigos

ENTREVISTA PARA A REVISTA ESCRITORES DO BRASIL

Entrevista de Jacqueline Aisenman PERGUNTA: Você publicou poesia ainda morando em Laguna. Já residindo em Genebra criou o site Coracional e veio também o livro com o mesmo nome. Em seguida veio o Varal do Brasil, com sua revista,…

Poemas

ENTRE MUROS

Entre os muros que me silenciam, me guardam, me prendem… aprendi a caminhar. Sou leve, todo meu peso ficou para trás, tão atrás de tudo que fui perdendo pouco a pouco ou que abandonei, ou deixei ir, ou fingi…

Poemas

Virtude

Vícios também podem ser virtudes. A pitada de sal no doce cozinhando na panela. A gota de pimenta que salienta o sabor da comida no prato. Bebo meu café, ele é meu vício. E é meu vício também escrever.…

Poemas

CORRENDO ATRÁS DO PRÓPRIO RABO

em círculo correndo em círculo inequivocamente em círculo atrás do próprio rabo… o que seria o diabo? correr em círculo? não encontrar mais a cabeça? desatá-la do corpo? desnortear-se? definhar o corpo da cabeça quente e cheia de agonia?…

Poemas

LIMITAÇÕES

elas são tantas as limitações, físicas ou não, que importa? num momento ou outro, como suor escorrido e inesperado, tornaram-se de uma normalidade angustiante… já não há uma lembrança clara do antes. antes do que? sei do silêncio imposto…

Poemas

PASSO ADIANTE

… do que me incomoda … do que me perturba … do que me faz mal. Passo adiante … de quem me abandona … de quem me esquece … de quem não faz mais parte de mim. Passo adiante…

Contos e crônicas

INCERTEZAS

Não me prendo mais às certezas que antes norteavam cada hora de minha vida. Elas me dirigiam, como um diretor dirige um filme, roteiro em mão, pronto, com começo, meio e fim. Atriz única, solitária, monólogo em branco e…

Poemas

(IN)JUSTIÇA

São dois pesose as medidassão duas.São duas medidase os pesossão dois.A balança,em eternodesequilíbrio,perde-sena loucurade nunca maisentenderpara que serve. Image by Florence Q.https://twitter.com/FlorensiQ…

Desvarios

VOLTAR PELAS LEMBRANÇAS

Se volto no tempo entre minhas lembranças, sinto chegar aos poucos imagens incertas, diálogos confusos, pensamentos dispersos, faces ocultas sob véus de quase esquecimento. É um conjunto de percepções aleatórias que algumas vezes me convencem da lembrança e noutras…