Todos os Posts de

Jacqueline Aisenman

Poemas

AUSÊNCIA E PRESENÇA

E a ausência nua tendo se tornado saudade amplifica os sentidos: cheiro voz presença tua em mim. Em meus pensamentos sentimentos que se disfarçam em olhares perdidos. Na primeira ocasião em que teus olhos encontrarem os meus… sem surpresa…

Poemas

ATRAVÉS DA CORTINA

Você me olha através da cortina… Você me vê através da cortina. Mas não vê meus olhos que olham de volta dentro dos seus. Porque o silêncio é um retorno e meu olhar é suborno: olho você para que…

Blog Contos e crônicas

FASCÍNIO

O fascínio dos sonhos nunca é o mesmo ao amanhecer. Quando os olhos se abrem e as imagens fogem para algum lugar lá dentro de nós, ficamos entre o desejo de fechá-los novamente e correr atrás do que estávamos…

Poemas

ROTINA

Enquanto eu tentava achar uma roupa ela passava roupas em silêncio. O mesmo silêncio que entre nós se fazia absurdo surdo um penhasco, um abismo. Já fazia tempo. Quanto tempo? Que para as perguntas dos olhos nenhuma resposta tinha.…

Poemas

A CHUVA E EU

Ando sob a chuva ela cai e seu barulho é música seus pingos bênçãos seu odor, perfume. A chuva é minha companheira com ela converso em silêncio e as emoções vivas ficam em mim marcadas. Ela pode vir mansa…

Contos e crônicas Desvarios

(IN)GRATIDÃO

_ Eu não quero que voltes nunca mais aqui! _ Mas como? Eu preciso… eu… _ Não, não precisa. Ninguém merece. Esta terra não merece. Me promete. Me diz que não vais mais voltar aqui. _ Mas eu… _…

Contos e crônicas

MANTER A DESORDEM

Zulmira chegara cedo ao trabalho e já tinha, com toda sua eficiência, realizado praticamente todo o serviço do dia. Olhava sua mesa, organizada como sempre, quando chegou o colega. _ Pelamordedeus! Vai desculpando aí, mas de hoje não passa,…

Contos e crônicas

DESABROCHAR

DESABROCHAR POSTADO Ela despiu o corpo e entregou-se ao tempo. Vestia somente a alma, de amor viva. Toda sua juventude começava a florescer sem que nem mesmo se desse conta…Verdes folhas nos olhos… Rosas vermelhas nos lábios… As pétalas…

Blog Contos e crônicas

PROFUNDAS CLAUSTROFOBIAS

Não é muito simples tentar identificar emoções. Principalmente quando elas são boas. Geralmente é o caso de se dizer: se tá bom, fica quieto. Mas eu não sou assim. Tá bom é? Então eu preciso saber por que que…

Contos e crônicas

PONTOS À VISTA

Eu… eu tenho um ar de mistério. Um poder imperceptível, uma gota de qualquer coisa que não é possível perceber de imediato, pois está sob camadas e camadas de… mais incógnitas. Eu… eu tenho um amor infinito. Sou capaz…