Poemas

FORMO

formo opiniões dentro de mim:
sou contra? a favor? sempre fui?
algum dia serei?
nunca tive? poderei? serei capaz?
então me informo:
sou contra algumas coisas
a favor de algumas outras
nunca sempre, sempre nunca:
mudei de opinião tantas vezes!
ouvir, prestar atenção.
para falar depois da certeza.
só depois da certeza
(na verdade, nem sempre falar).
já tive uns medos. ainda guardo alguns.
poderei seguir, poderei falar.
calar? não sei.
mas todos os dias (in)formo
opiniões dentro de mim.
nações inteiras de palavras
fusionando o cérebro e o coração
pavimentando a estrada
com passos de agora
passos de antes
e os passos de depois.

Photo by Mr TT on Unsplash

Você pode gostar também de

2 comentários

  • responder
    Jeferson Barbosa da Silva
    29 de fevereiro de 2020 em 19 h 33 min

    Caríssima Poeta,
    Parabéns! Belo poema desentranhado de verdades da alma.
    Nós, porém, que conhecemos algo da luta de Jacqueline, sabemos bem que você ultrapassa seus juízos de valor, essas suas formações sensíveis de antes, agora ou depois, nós, seus órfãos do “Varal do Brasil”.
    Uma coisa e posicionamento. Outra, encaminhamento.
    Para nós você jamais irá se apagar daquela luz que nos trouxe …
    Garoeiro

    • responder
      Jacqueline Aisenman
      7 de março de 2020 em 9 h 01 min

      Obrigada querido amigo! Tenho andado muito calada, mas nunca esqueço dos amigos do coração!

    deixe uma resposta