Blog

POR QUE?

Não tenho respostas e as perguntas se acumulam. Queria entender, só que cada vez, num olhar para o lado, numa busca com os olhos, as situações escancaradamente bárbaras me dão unicamente vontade de me afastar ainda mais.

O fundamentalismo ideológico e religioso ganha terreno com o apoio tácito dos que, conscientemente, permitem a ampliação do fosso separatista na sociedade. Já não reconheço pessoas que toda uma vida estiveram na minha.

Eu, que cantei tantos anos “Sabiá” do Chico, a significância mesmo da esperança que me fazia viver… Minha voz se calou. O povo que usa viseiras e vilipendia um artista como Chico Buarque, que cospe num monumento como Fernanda Montenegro…

Este povo de verde e amarelo não sei quem é. Só sei que não faço parte dele. Aí, coração Ágatha, voz Marielle, olhar de meu pai, abro minha veia e deixo correr o sangue. Ele escorre, vermelho e forte. E em meio ao sangramento, choro feliz ao ouvir a esperança num ritmo de outro Chico, o César. Não tenho religião, não tenho partido, eu dizia.

Mas hoje, eu tenho: minha religião é a Igualdade e meu partido o Ser Humano. De resto, abandono. Quem não admitiu para si mesmo até agora o papel que teve e tem na descida aos infernos da ex-terra abençoada, esqueça-se! Esses não são os hipócritas, que já estão em número reduzido. Eles são simplesmente fascistas.

Arte de #danfarrell 

Você pode gostar também de

4 comentários

  • responder
    Daniela Adriana de Araújo
    24 novembro 2019 em 3 h 12 min

    O Brasil não se perdeu o suficiente pra se achar?
    Estamos na mesma luta.
    Abraços desde São Leopoldo RS

    • responder
      Jacqueline Aisenman
      2 dezembro 2019 em 19 h 53 min

      Oi Daniela, grande Professora! Tomara, tomara que se encontre logo. Daqui de longe sofro muito, como queria estar perto, poder ajudar de algum jeito! Abraços genebrinos!

  • responder
    Jeferson Barbosa da Silva
    21 novembro 2019 em 0 h 04 min

    Amiga,
    Faltam respostas porque o horror passou dos limites.
    Aqui, como em todos os outros lugares.
    Insanidades governamentais, políticas de destruição e horror, morte.
    [Link deleted]
    Há previsão fundamentada para o Fim da Humanidade!
    Como você, no entanto, resisto. Sempre resistirei.

    • responder
      Jacqueline Aisenman
      2 dezembro 2019 em 19 h 54 min

      Oi meu sempre querido amigo, me perdoe pela ausência tão frequente, depois que tive o segundo AVC me tornei ainda mais reclusa, interior e exterior me veem de menos em menos. Fico feliz de vê-lo por aqui! Meu carinho grande sempre. Resistamos sempre, é preciso!

    deixe uma resposta

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.