Poemas Textos

A LARVA

Quieta em seu canto ela impaciente espera…

Passa o tempo como se estivesse adormecida…

Tantas virtudes acumuladas na gaveta!

Sonhos tão cheios de glória, que nem ousa crer…

Dentro dela encontram-se as cores todas e no fundo…

somam-se e formam a mais linda paleta!

Se o tempo lhe parece infinito e ela solitária desespera…

Sem querer crer num futuro ou ver um sentido na vida…

Sabe em seu âmago que falta pouco para estar completa.

Virá em breve a libertação do corpo que só faz lhe prender…

Nascerão asas e ela poderá partir pelo mundo:

Não terá fronteiras, voará alegre e linda borboleta!

Photo by Ryan Jacques on Unsplash

Você pode gostar também de

Sem comentários

deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.