Desvarios Poemas

NÃO ME ESPERE…

Não me espere.

Há desespero na espera.

Siga. Eu te alcançarei…

(Pequeno poema de 2015)

A esperança não mora na espera, mas na tranquilidade de viver sem esperar.. (2019)

Photo by ZSun Fu on Unsplash

Você pode gostar também de

Sem comentários

deixe uma resposta