Desvarios Poemas

NÃO ME ESPERE…

Não me espere.

Há desespero na espera.

Siga. Eu te alcançarei…

(Pequeno poema de 2015)

A esperança não mora na espera, mas na tranquilidade de viver sem esperar.. (2019)

Photo by ZSun Fu on Unsplash

Você pode gostar também de

Sem comentários

deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.