Poemas

TRANSBORDAR

Deixe-me transbordar…

deixe que de mim verta as águas e o sangue…

lágrimas, suor, eu sou um rio correndo apressado para o mar…

Deixe-me transbordar.

Do copo, das beiras, do corpo…

Para voar, serei chuva.

Para teu corpo, o vinho e a embriaguez…

Deixe-me ser, porque não caibo mais em mim

Você pode gostar também de

Sem comentários

deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.