Desvarios

FLORESCER


E quando eu florescer não serei a flor do mal, mas a flor que não arrancas, aquela que te sorri do caminho e te tatua um sorriso sem que nem percebas… apenas sintas.

Imagem: Jacqueline Aisenman

Você pode gostar também de

Sem comentários

deixe uma resposta