Poemas

SEGUNDO CORAÇÃO

Não há.

Não.

Não existe um segundo coração que possa amar mais ou menos

ou mesmo mais de um ou uma

seja quem ou o que for ao mesmo tempo…

verdadeiramente.

E o coração também não se divide…

apenas finge, através da cabeça, das palavras…

e fica contando as verdades depois

olhos à fora

como se cuspisse seus amores

seus dissabores

sua incapacidade de ser outro coração…

Um coração é um coração.

O segundo coração é o que se quereria ter:

dois amores, dois países, dois sonhos opostos, dois estados de espírito.

E não confundam as más línguas

achando que o coração pode ser como se fosse dois

apenas porque muda de opinião de vez em quando…

ele muda, ele troca, ele se rebela, extrapola, perde a razão…

mas no fundo dele há uma raiz que não se move

que nasceu e cresceu, que fez florescer sentimentos

e não os perde de vista.

O segundo coração é o imaginário…

as histórias que se conta para si mesmo antes de dormir

onde a consciência, já adormecida pelo corpo fatigado,

não presta mais atenção em nada!

 

Photo by Sharon McCutcheon on Unsplash

Você pode gostar também de

Sem comentários

deixe uma resposta