Poemas

UM SILÊNCIO A MAIS

há agora um silêncio nesta casa que nunca pedi.

um silêncio estranho, que é mais vazio que outra coisa.

um silêncio que não alivia, estorva.

sinto falta dos burburinhos

pequenos barulhos, ruídos conhecidos

rotineiros

alheios

à minha vontade

e no entanto…

silêncios que me preenchiam

preenchiam minha existência

faziam de minha rotina

uma vivência e não uma sina…

mas agora há um silêncio pesado como chumbo.

um silêncio que atrapalha, tão denso que sufoca…

um silêncio que durará para sempre

mesmo que não seja eterno…

 

*Com toda saudade do mundo de meu pequeno Biscuit, o cachorrinho mais carinhoso e inteligente que já tive a oportunidade de conviver. Com ele convivi durante 16 anos e meio! Saudades!

Imagem by terimakasih0

Você pode gostar também de

Sem comentários

deixe uma resposta