Poemas

Ampulheta

Estima-se o tempo:

o quando dele seja necessário

para a realização de todos os sonhos…

O tempo então como areia na ampulheta

passa…

passa…

e os sonhos se arrastam…

Há épocas em que a eternidade é a mãe da esperança

e ela, a eternidade, contém todos os sonhos!

Até o dia em que se compreende a quimera…

o dia em que toda espera

não conseguiu alcançar

os sonhos…

porque eles foram se transformando

mudando de face

de nome

de tudo.

O sonho que precisava de tempo

tornou-se o tempo

e este este

era no fim

o único sonho…

 

Imagem by piotrun

Você pode gostar também de

Sem comentários

deixe uma resposta