Poemas

FESTEJOS DO VENTO

Meus cabelos e os galhos das árvores e as folhas de outono:
tudo se move, tudo dança sob o ar gélido que anuncia o inverno!
É festa! A música tocando é a embriaguez do abandono…

 

No chão o tapete se estende para a passagem das solitária criaturas:
todos os que vão e vem fazendo a dança da rotina… ah, o inferno!
Sente cada um o ar  – que o frio lhes toca sem deixar venturas…

 

Festeja o vento, o ar gelado das nuvens cinzentas traz com ele a branca neve…
Seus festejos prenunciam os dias longos onde até a esperança será breve…

 

Imagem by Unsplash

Você pode gostar também de

1 Comentário

  • responder
    José Alberto de Souza
    12 novembro 2016 em 7 h 49 min

    Vento amigo
    que me acaricia as faces,
    só mesmo tu
    para me compartilhar
    essa beleza outonal
    junto a esperança
    daqueles tão solidários comigo.

  • deixe uma resposta