Poemas

TIC-TAC…

tic-tac
o coração deveria bater como um relógio.
tic-tac
com a precisão dos relógios
e a graça que eles todos têm.
tic-tac
o coração precisaria ser mais ágil…
tic-tac
ao invés de se importar, apenas ser ágil
pouco importa o que advém.
tic-tac
tic-tac
tic-tac
relógios são previsíveis
relógios são ajustáveis
precisam apenas de pilhas
não precisam ser saudáveis…
tic-tac
relógios não são ilhas
em meio a veias e artérias
sangue correndo entre as quimeras…
tolices e coisas sérias
aumentam e reduzem os batimentos…
tic- tac
os relógios são instrumentos
mostram (sem registrar) a passagem dos momentos
não guardam consigo misérias…
não param devido às consequências
de dores que sobrevivem aos anos…
tic-tac
o coração precisa ser um relógio
o coração precisa ser um relógio
funcionar como um relógio
sem ser cativo
das emoções.

 

Imagem by Marii-nee (I adore your art, thank you)

Você pode gostar também de

5 comentários

  • responder
    Rita de Cássia Amorim Andrade
    5 outubro 2016 em 19 h 57 min

    Há algum tempo não tenho lido seus textos. Estou encantada! Valeu passar por aqui, um belo caminho, ou jardim a percorrer. Retornarei em breve, visto que a partir de amanhã, estarei mostrando para os meus leitores um pouco de você, durante uma semana.

  • responder
    Fernando Matos - Poeta Pernambucano
    30 setembro 2016 em 13 h 14 min

    E.S.P.E.T.A.C.U.L.A.R

  • responder
    Rosa Izabel Spagnuolo da Costa
    30 setembro 2016 em 11 h 50 min

    Escrever além da alma.

  • responder
    Quênia Luz de Jesus Horn
    29 setembro 2016 em 11 h 00 min

    Maravilhoso mesmo se nosso coração fosse tão qual um relógio.Amei!Beijo no coração!

  • responder
    Ercilia
    29 setembro 2016 em 10 h 12 min

    Lindo…

  • deixe uma resposta