Desvarios

CABELOS LONGA CABEÇA

Para não pensar nas dores penso na esperança. Mesmo que a sensação de que dedos apoiam firmes sobre as minhas têmporas, ignoro. Busco com os olhos o infinito azul do mar que banha a tela do computador. Mergulho, sigo a correnteza, espero aportar lá longe, na terra tanto amada e que está realmente longe. Mas hoje o mar me basta. Meus longos cabelos disfarçam a cabeça dolorida. E as longas dores de cabeça se fazem belas sob os meus cabelos. Coisas tontas.

(Texto de novembro de 2006)

Imagem by Ryan McGuire

Você pode gostar também de

Sem comentários

deixe uma resposta