Poemas

SOMOS MULHERES E POR ISTO SOMOS…

somos mulheres. mulheres inteiras

sorrateiras ou escrupulosas

perfeitamente imperfeitas

somos humanamente feitas.

somos mulheres, mulherões, mulherzonas, mulherzinhas

mulheronas, molecas, meninas, velhas, idosas, panelas velhas

garotas, gurias, raparigas, lolitas, adolescentes

lobas, ovelhas, vacas, galinhas, cobras, cachorras,

recatadas, perigosas, dadas, fechadas, podadas, presas

desinibidas, periguetes, extrovertidas, alegres, contentes

acanhadas, tímidas, amedrontadas, castradas, dementes

somos mulheres, mulheres festeiras

arruaceiras ou zelosas

divinamente aceitas

somos providencialmente eleitas.

sonhadoras, realizadoras, trabalhadoras, diretoras, assistentes

da rua, da estrada, do lar, da boate, da calçada, da igreja

do leito, da cozinha, do castelo, do altar, da fábrica

guerrilheiras, bordadeiras, soldados, engenheiras

estilistas, bailarinas, garis, operárias, domésticas

escritoras, atrizes, pintoras, cantoras, maestrinas

encanadoras, cabeleireiras, secretárias, bancárias

aposentadas, ativas, cansadas, fortes, batalhadoras

faladoras, caladas, tradutoras, mímicas, mudas, surdas, cegas

deficientes físicas, mentais, psicológicas, sociais

somos mulheres, mulheres da festa e da feira

solteiras, casadas, amarradas, noivas, namoradas

graciosamente à espreita

somos intimamente desfeitas.

mulheres que suportam suas dores e as do mundo…

TPM, cólicas, enxaquecas, dores de parto, dores de amor

dores de mãe, de pai, de filho, de todos os filhos da terra

somos mulheres temidas, temerosas, temerárias

calos nos pés e nas mãos, pensamentos cerceados, vozes mudas

corpos amarrados às leis dos homens e dos deuses dos homens

feministas, comunistas, conservadoras, detratoras, meliantes

criminosas, estudiosas, drogadas, traficantes, abstêmias

boêmias, catequistas, freiras, prostitutas, estudantes, militantes

fingidas, corretas, poderosas, grandiosas, frágeis, rainhas

somos mulheres, mulheres faceiras

corriqueiras ou totalmente incomuns

carinhosamente aceitas

somos perdidamente insatisfeitas…

diabólicas, angelicais, mutáveis, imutáveis, transmutáveis

feiticeiras, magas, bruxas, vertentes, mágicas, reais

prudentes, desprevenidas, traidoras, fiéis, famintas, únicas

gloriosas, esquecíveis, intangíveis, praticantes, ociosas

miscigenadas, negras, brancas, amarelas, coloridas, pálidas

escravas, senhoras, alunas, professoras, vestidas, nuas

descalças, calçadas, paradas, dançantes, ladras, fugitivas

estrelas, cometas, luas, grãos de areia, espinhos,  venenos

depiladas, cabeludas, recortadas, redobradas, reforçadas

impetuosas, afetuosas, desnaturadas, naturalizadas, refugiadas

somos mulheres, de coisas sérias e besteiras

queira a vida sempre sejamos

absolutamente refeitas

das gentes do mulher-direita…

fogosas, frias, feias, bonitas, gostosas, gordas, magras

malfaladas, mal-amadas, malcomidas, malfadadas, malditas

benquistas, bem-apessoadas, bem-amadas, bem-educadas, benditas

princesas, plebeias, pequenas, grandes, médias, suaves, bruscas

honradas, putas, perdidas, puras, virgens, puritanas, sacanas

matadoras, sem-teto, sem-terra, sem-ventura, sem-vergonhas

românticas, semeadoras, sem-nome, sem-justiça, ricas, pobres

vingadoras, resignadas, abortadoras, aborteiras, violentadas, dúbias

estupradas, magoadas, esperançosas, corajosas, vitoriosas, flores

ferozes, mansas, idealizadoras, prepotentes, crédulas, sombrias

armadas, desarmadas, amadas, odiadas, ambiciosas, esquecidas…

somos mulheres, mulheres na mesma fogueira

sangueira desatada em lutas comuns

infinitamente pelos céus sujeitas

a ser constantemente suspeitas…

de estado perpétuo

de humanidade.

Você pode gostar também de

Sem comentários

deixe uma resposta