Poemas

TRAVESSIA

solto as amarras

e parto.

o parto é longo

o porto

me agarra…

tenta me prender

segurar

a partida

inevitável.

solto as garras

me farto…

não me falta

coragem

medo não

me barra…

a vida

é instável…

mar que sobe, levanta, se joga… tenta afogar

meu barco de papel segue tranquilo a navegar…

um dia chegarei

em algum lugar…

longe do porto seguro

tendo partido no escuro

percurso de quem combate

não foge do embate…

meu sol sempre irá brilhar

 

Imagem by Baptisteh

Você pode gostar também de

Sem comentários

deixe uma resposta