Desvarios

OS ABISMOS E AS COISAS LOUCAS DO CAMINO

 

O fascínio do abismo atrai bem mais os passos que a calma da terra plana… O mar seduz ainda mais com suas obscuras profundezas que a lagoa fina como porcelana… O barulho louco chama mais através de seus descompassos do que a melodia que encanta suavemente a alma… O perigo chama em silêncio. Silenciosos passos que se aproximam trazendo mãos que empurram. A alegria da vida é tantas vezes negligenciada… Tudo porque somos atraídos com mais facilidade pelo o que nos tira a paz, muito mais do que por aquilo que nos permite vivê-la. Caminhamos sob o sol sempre olhando a sombra e nunca o céu, já que os olhos têm tanta dificuldade em se adaptar à luz. Seguimos pacatamente em direção ao despenhadeiro como os que serão abatidos. Sem olhar para os lados e sem o temor dos que têm consciência. Somos nossas escolhas. Sob ameaças, com o livre-arbítrio; por esperanças, fé ou simples desejo. E tudo o que resulta de tudo isto sempre será apenas nossa essência, confusão ou esplendor, seremos apenas nós. A responsabilidade, as consequências, a felicidade ou não. Entender isto é o princípio de toda caminhada.

 

Imagem by Strecosa

Você pode gostar também de

Sem comentários

deixe uma resposta