Contos e crônicas

TRÊS CONTOS CURTOS

Pausa café
– Por favor, me passe o café.

– Você está com a xícara na mão. E ela está cheia de café.

– Sim?

– Sim.

– Me desculpe. Ando voando ultimamente.

– Fique à vontade, continue o seu voo. E me peça café sempre que aterrissar.

 

 

Olhos encantados

 

– Socorro, me ajude, não estou vendo nada! Ajuda, alguém me ajude!

– Calma, calma, relaxe, você não está cego, está apenas vendado. Pronto! Retirei a venda!

– Meus olhos estão abertos… estou enxergando novamente… você me salvou! Obrigado, obrigado!

– Não há de que agradecer, foi tão simples. Seus olhos já estavam abertos.

– Mas sem você eu nunca saberia da venda! Sem você teria permanecido nesta cegueira absurda…

– Está bem, façamos assim: Agradeça-me apreciando sua visão.

– Ah, isto já estou fazendo… Meus olhos estão encantados com tudo o que já veem ao meu redor!

– Espere até ver o restante da casa, da rua, da cidade, do mundo… O encantamento será eterno!

 

 

 

Telefone sem fio
– Parece que foi assim. Te garanto!

– Ouvi dizer que foi assim, fonte segura!

– Tenho certeza que foi assim, me disseram.

– É isto mesmo, foi assim, eu sei.

– Confirmo que foi assim, todos estão dizendo.

– Sim, é verdade, a voz do povo é a voz de Deus!

 

– Parece que não era bem assim, bem que eu pensei.

– Até ouvi dizerem que foi assim, mas quem disse…

– Cheguei a ter certeza que tinha sido assim, até que…

– Não foi bem assim, agora sei.

– Ainda não tenho certeza, mas parece que houve engano.

– Sim, é verdade, não foi assim, falaram o que não deviam..

 

Imagem by Couleur

Você pode gostar também de

Sem comentários

deixe uma resposta