Contos e crônicas

O UMBIGUISMO (OU PORQUE O OUTRO NÃO ME INTERESSA)

Há um lado obscuro na comunicação atual. Uma sensação de que tudo já foi dito (e tantas vezes e de tantas formas) e que gera uma impaciência muito grande nas pessoas. Talvez também uma questão de não querer ouvir (ler) nada que vá contra o que já esteja imbuído nas cabeças gerais.

Este lado, beirando o obscurantismo antigo, aquele que dominou povos e foi a causa de atrocidades inomináveis, volta e meia surge do nada e se eleva em vozes inesperadas, jovens, maduras, sem idade. Não há ouvidos (olhos) para tentar compreender o que venha a ser além da própria opinião já bem formada. Na realidade, não há interesse em ir além de si próprio.

Chamo isto de umbiguismo. Quando o sujeito está tão centrado nele mesmo, em suas ideias e problemas, que não quer, de jeito nenhum, sair de sua bola para alargar os horizontes que, até o momento, não são para ele, mesmo que não perceba, mais do que uma viseira. Considero que o ser humano neste estado de pensamento não tem interesse por outrem e demonstra isto da forma mais clara: ignorando ou combatendo com veemência. E até violência.

Bem se sabe que comunicação não funciona unilateralmente (ou talvez funcione, para alguns meios midiáticos) ou pelo menos não deveria se chamar comunicação se assim fosse. Comunicar é um ato entre pessoas (e outros seres vivos) onde informações são transmitidas das mais diversas formas. Entre os seres humanos são, a partir daí discutidos os pontos de vista, encontram-se respostas e soluções graças ao bom ato da comunicação.

Mas e o que faz o umbiguismo? Ele põe barreiras! Já que o outro não lhe interessa, não há porque conhecer outras opiniões, tentar compreendê-las e, menos ainda, respeitá-las. O umbiguismo seleciona automaticamente tudo aquilo que lhe condiz baseado na sua parca capacidade de compreensão e aceitação e sua incondicional parcialidade. “Sou o que sou, acredito no que acredito e pronto”. Simples.

E é isto, o umbiguismo é sinônimo de simplicidade. Simplicidade de pensamento e de raciocínio que leva seu doutrinado a crer que a verdade lhe pertence em toda e qualquer situação. Desagradável? Sim. Muito. Principalmente para as mentes abertas e curiosas que tendem a buscar na comunicação um apoio para o conhecimento. O umbiguismo não aprecia o conhecimento, como disse antes, ele é obscurantista e a ignorância é seu meio principal de sobrevivência.

Não vou longe nesta conversa. Umbiguistas já pararam de ler no primeiro parágrafo. Outros desceram um pouco mais por curiosidade, mas o texto se mostrou um pouco longo, desistiram. Então, para os poucos que chegaram até estas últimas linhas deixo estas palavras: Não desesperem. Há esperança para os que vivem o umbiguismo. Mas não há remédio imediato, portanto, não insistam diretamente. Cada um tem que encontrar seu próprio caminho, seus próprios meios de conhecer as verdades. Até então, siga o seu caminho. E fale. Use e-mail. Facebook. Blogs. Sites. Telefone. WhattsApp. Só não deixe de se comunicar por causa da mentalidade umbiguista que lhe cerca.

 

Imagem by elchavez

Você pode gostar também de

Sem comentários

deixe uma resposta