Blog

O PASSADO NÃO PEDE PERDÃO

O passado não pede perdão. O que aconteceu em seus dias será perdoado apenas pelo tempo, que agirá sobre as memórias. O passado não devolve o que possui. O que lhe pertence, lhe pertence, jamais será dado de volta e isto em nenhuma circunstância. O passado permanece. Mas permanece no que for permitido pelo presente, nada mais, nada menos. Todas as emoções que o passado viveu, nele morarão para sempre. Não há como revivê-las. Lágrimas felizes ou amargas; momentos de riso e de dor. O passado guarda para si com egoísmo suas dores e alegrias. Não há uma estrada que leve ao passado, embora haja uma estrada que una o passado ao presente. O passado guarda tudo. Não esquece nada. Ainda assim, de vez em quando o presente entrevê o passado em suas andanças e por vezes chora. Pelo bom e pelo ruim. Pelo vivido e pelo não vivido. O que ambos não sabem, é que o futuro fica à espreita. Vê tudo. E em seu silêncio, guarda todas as esperanças e todas as consequências. Para um dia…

Imagem by Rondell Melling

Você pode gostar também de

Sem comentários

deixe uma resposta