Blog

SEMPRE PENSANDO

Penso muito. De meus pensamentos incessantes saem coisas loucas, absurdas e certeiras. Neste estado de constante reflexão lógica e ilógica, revisito o passado algumas vezes, assim como tenho também as famosas impressões de ter já vivido o que passa pela cabeça em forma de imagens quase sem nexo. Ideias, planos, lembranças, conclusões, indecisões. Fatos ou não. O condicional também se apresenta. Arrependimentos não têm lugar. Novos conhecimentos, velhos conhecimentos, mais conhecimentos. E no meio de tudo isto também a falha da memória, que não recorda mais certas coisas. Ou esqueceu por vontade própria ou esqueceu mesmo para ter mais espaço. Quem sabe? Sigo pensando. E os pensamentos me mostram o caminho mais seguro para continuar minha caminhada. Lúcida. Eles fazem a triagem entre o bom e o ruim que em certos momentos nem percebo. Me dão sinais que chamo de intuição, presságio, avisos. Permanecem comigo o dia todo, minuto após minuto. E depois, à noite, vão parar nos sonhos, onde livres do meu lado desperto e racional, dão-se ao bel prazer da criação.

 

Imagem by Unsplash

Você pode gostar também de

Sem comentários

deixe uma resposta