Poemas

DE DENTRO DOS OLHOS

Saem dos meus olhos

faíscas quand menos espero.

um jeito sincero

e sem querer

de demonstrar emoções

à flor da pele.

dos meus olhos também saem

vontades libertas

olhares que buscam perdidos

libertar os sentidos

do trivial.

há em mim sentimentos inconfessados

e os olhos até podem transparecer…

mas quem de todos vai de verdade

entender…

se meu corpo está fechado

para coisas que eu não quero ter?

deixa… saírem dos meus olhos cansados

tudo o que de mim estiver transbordando

tudo o que de mim estiver me exasperando

me trazendo dor

rancor

resquícios

do que

não

sou

mais.

capaz.

 

Imagem by Adina Voicu

Você pode gostar também de

Sem comentários

deixe uma resposta