Poemas

DE TUDO UM POUCO, UM POUCO DE TUDO

São grãos de areia

flocos de neve

pingos de chuva…

São pétalas

são folhas

são raízes…

São latidos

são miados

e outros mais…

São olhos nos olhos

silêncios que falam

mãos que seguram

são palavras que apoiam.

São gotas de águas

salgadas ou doces

Estrelas no céu, estrelas no mar…

São as melodias dos homens

são os cantos dos pássaros

são os sussurros dos anjos…

São as cores das estações

são os campos, as ruas

são as matas, desertos…

São os minutos passando

as horas chegando

os dias vivendo…

São mãos acalmando o medo

mãos acarinhando os cabelos

mãos levantando da queda…

São a infância e as brincadeiras

a juventude e toda a força

a sabedoria da idade que avança

a eternidade de todas as idades

no coração…

São lembranças

são retratos

são momentos…

São sonhos

desejos incontidos

esperanças…

São pedaços

de tudo um pouco

São de tudo um pouco

pedaços…

Felicidade, alegria, prazer…!

 

Imagem by Domínio Público

Você pode gostar também de

Sem comentários

deixe uma resposta