Blog

OS TUBARÕES DA LITERATURA

Literatura é em geral uma área onde se encontra pessoas sensíveis, ricas em emoções e talentos distintos.

Mas, infelizmente, nos últimos tempos, tem sido também uma área onde o número de “tubarões” vem crescendo muito. Aliás, nunca vi tanto “tubarão” como ultimamente… Gente capaz de grandes falsidades e de muita deslealdade (perdoem-me os tubarões pela analogia, eles que nem são assim!). Gente sem decoro e que desonra a profissão de escritor e/ou de produtor literário.

Neste nosso meio onde a sensibilidade impera, onde a experiência nem é pré-requisito para existir, há pessoas com tamanha insensibilidade e com tanta ganância que chegam, estes últimos, a esquecer que devemos respeito uns aos outros e também ao leitor que é quem recebe nossas emoções.

É um concurso de quem dá mais, quem aparece mais, quem promete mais. Tudo aparência. E de aparência e promessas vãs não pode viver verdadeiramente o mundo literário sem perder a sua essência!

Talento todos temos. De um jeito ou de outro, para alguma coisa mais que para outras. Porque, felizmente e como todos sabem, gosto é uma questão muito pessoal e, amém!, há espaço para todos!

Mas não é uma questão de talento. É de ambição desmedida, de avidez, de pura cupidez que levam a ações baixas, mentiras desleais e uma toxicidade extremamente elevada.

Perde a arte, perde a cultura, perde a literatura!

Uma pena. Pois um campo onde o único adubo deveria ser o amor e a amizade, é fertilizado por muitos com veneno dos mais fortes. Me dá pena escrever isto, mas a realidade ultrapassa meus sentimentos. Triste!

 

Imagem by Fgyongyver

Você pode gostar também de

Sem comentários

deixe uma resposta