Poemas

JEITO DE ME VER

algumas vezes sou livro inteiro.

letras em páginas e ilustrações…

noutras sou apenas um encarte passageiro

sem muitas informações…

 

na verdade tudo sempre dependerá

de quem me olha, certamente…

porque quem olha bem saberá

que meu coração não mente…

 

mas os que olham e não enxergam nada

aqueles para quem o essencial

passa despercebido…

 

para esses sempre parecerei somente igual

a qualquer um e qualquer coisa adereçada…

e para quem nunca farei sentido!

 

Imagem by Lisa Omarali

Você pode gostar também de

1 Comentário

  • responder
    Maria
    18 novembro 2015 em 20 h 26 min

    Sempre bom ler os textos, poemas, contos… Etc… De Jacqueline !!!!
    Adoro a forma limpa e instigante da sua escrita… És uma poeta e linda pessoa!
    Muito orgulho de ser sua amiga e poder desfrutar da sua convivência e palavras. Beijo grande

  • deixe uma resposta