Blog

ENVELHECER É PECADO?

Ontem,  em duas oportunidades vi como as pessoas são cruéis com relação à idade e à forma física que a acompanha. A primeira, numa notícia sobre a eterna miss Vera Fischer: Dizem “não reconhecê-la” mais simplesmente porque ela não tem mais o rosto dos vinte anos de idade. A segunda, num post da amiga Iara Abreu que falava sobre um edital para trabalhos artísticos e que tem como idade máxima 35 anos. Trinta e cinco!! Como se depois de completar tal número de anos não fosse mais possível ser artista.
Bem, no meu entender isto está muito esquisito. Sabe-se que a juventude não é eterna, sabe-se que os anos passam para todos e, com isto, que o corpo das pessoas vai se adaptando a cada idade. Não se pode medir padrões de beleza por umas poucas pessoas que usam recursos muitas vezes até absurdos para se manterem jovens.
De outro lado, com os anos nos vêm também a experiência e é justamente esta riqueza de experiências que nos permite ter mais o que escrever, pintar, desenhar e assim por diante. A arte amadurece dentro de nós, ela não apodrece não. A arte convive muito bem com toda a variedade de idades possíveis a um ser humano. Crianças já fazem arte! Adultos de todas as idades fazem arte!
Então, que coisa mais doida é esta de condenar uma pessoa porque ela já passou de tal idade? Ficou mais velha ficou irreconhecível?? Ficou mais velha não pode participar de certas atividades porque…. por que mesmo??
Deixo aqui minha indignação com as pessoas que esquecem que o tempo, este amigo que nos acompanha a cada dia, nunca vai ficar parado para ninguém!
E viva a vida em qualquer idade!

 

Imagem by annayozma

Você pode gostar também de

Sem comentários

deixe uma resposta