Poemas

POEMAS COM A LETRA P (3)

PINCÉIS

Pincel

pinta

empobrecida

paisagem.

Parece paz…

Prateados relâmpagos

Poço desocupado

Parcel  desamparado…

Pincel

parceiro da pintura…

projeta propósitos

representa

passado

presente e o

porvir pensado.

 

 

PIMENTA

Apimentada a paixão

Pacto com a serpente

Palavras impróprias

Para espíritos pequenos…

Poesia pura

Prosa impensada

Porto do corpo…

Prazeres!

 

 

POBRE-DIABO

Provocando pesar

Passou… deplorável…

Vituperioso, repreensível…

pregou aparência apenas.

Passou….

desapercebido

pelas pessoas compassivas.

Trapaceiro!

Palavras hipócritas

hipocrisia pura…

Escrúpulos perdidos…

Postergou o paraíso

Menosprezou a paisagem de paz…

preferiu a profunda cripta

dos pecadores no espaço

podre da imperfeição…

impalpável espectro

utopia e perigo.

Possuído pela podridão…

dispensou preces.

 

 

OPÇÃO

Pois

Podes

Preferir o passado…

O presente passa rápido… desprazer…

E o depois

Pode apresentar-se

Perdido.

Aproveite o tempo!

Oportunidades se perdem…

Por pouco.

 

 

 

IMPALPÁVEL

Pele…

Pensamento…

Empurra o prazer ao paraíso

desperta a surpresa…

Paladar…

experiências propositais

para o aprazível

pecado da paixão.

 

 

PRÍNCIPE E PRINCESA

Espaços a parte

separados

pelo princípio e pelos propósitos.

Pouca disposição

expressões empedernidas…

cumpriram suas partes

e depois partiram suspeitos.

esperaram apenas o epílogo

para praguejar e desaparecer

para sempre.

 

Imagem by Hans

Você pode gostar também de

Sem comentários

deixe uma resposta