Poemas

VERSOS SAZONAIS II

Arco-íris de flores
adornam o jardim.
O céu na terra.

 

Borralhento está o céu
amontoando nuvens
só para chover.

 

Uvas anoitecem na parreira.
Ao despertar amanhã,
serão vinho.

 

Pétalas sangrando
a rosa se abre tímida
dentro do vaso.

 

Vaso de flores
na janela esquecido.
Cedo inverno.

 

Passarada vai
Voando pelo horizonte.
Adeus inverno!

 

Imagem by Jeremy-Piehler

Você pode gostar também de

Sem comentários

deixe uma resposta