Poemas

UM POEMA

E assim, vou levando a vida , sem me calar…
Sem fechar os ouvidos
Sem cruzar os braços
Muitas vezes sem mesmo
Dar os abraços…
Vou levando como a onda, indo e vindo
levando de mim e trazendo de lá
Cá ficando com a escolha do perdido
Que encontrou sua morada
no labirinto.
Vou levando a vida
e sem me calar,
nunca!,
sinto a dor das feridas
sinto o pé calejar
mas me importa é
Falar!

 

Imagem by SpaceShoe [Learning to l

Você pode gostar também de

Sem comentários

deixe uma resposta