Desvarios

PENSANDO ALTO

Ondas de mim se espalham pela praia da vida. Vou tantas vezes brava quanto tantas outras mansas sempre deixando pegadas do coração, espuma branca.
Desenhada e desejada, reparto ao fundo do oceano.
Farei do silêncio a minha música. Ouvirei tudo o que ele tiver a dizer.
E depois declamarei seus versos, lábios fechados e coração aos pulos!

 

Há em minha cabeça todo um mundo, grande, intenso… Tanto acontece em meus pensamentos quando mergulho neste mar tão denso…
As águas das emoções que são tão diferentes e se espalham em mim, todas sentimentos… ou loucuras e absurdos em minha mente…
A razão é um sonho dado a poucos. Passamos pela vida todos como loucos. Loucura e razão.

 
Sou uma criatura louca Como poucas… Que range os dentes Aperta o cinto Anda em círculos e adora os céus. Talvez no fundo, seja só normal. Num poço sem fundos
Buscando razoes para não Desistir. Existindo portanto No entanto e enquanto Tento ir e vir.

 
A deselegância é marcante. Porque pessoas que têm classe conseguem ser elegantes até quando a falta dela é notória e choca e fazem aquelas que não o são parecerem sofríveis…
Infelizmente quem não tem classe, sequer sabe o que significa…

 

Virtudes são pedaços da alma que se espalham em nós preenchendo a vida com sabores e aromas de boas emoções.
Vícios são virtudes mal aproveitadas, que se perdem e acabam se transformando em defeitos, desfeitos da alma.

 
O vento, em sua natural deslealdade, conta tudo de mim. Leva minhas palavras em dança perpétua pelo tempo e guarda-as como tesouro para que mesmo eu nunca as esqueça.
Por isto nem sempre falo. Calo. Sem consentir, mas calo…

 
Tenho dúvidas, tenho dores, tenho medos. Para as dúvidas tenho fé, para as dores tenho certezas e o tempo, para os medos guardo a coragem. E para cada um tenho também a caneta e o papel, onde os escrevo e assim transformo o imaterial em realidade para melhor compreender.

 
Não sou invencível, sou um ser humano. E como todo ser humano, encaro as batalhas e escolho momentos para relaxar. Viver, afinal, é isto: falhar, cair, voltar, crescer, se reconstruir.

 

Seu passado é sua história, mas sua história é somente uma parte de sua vida. Por isto não viva nele e nem dele…
Seu futuro é sua esperança, mas sua esperança é sonho e sonho a gente luta para realizar. Mas não vive nele e nem dele…
Mas seu presente, este, este é realmente tudo: nele está sua história, seus sonhos, sua vida inteira! Aqui sim você deve viver!

 

Para certas dores há remédios. Para outras não. E a vida não oferece placebos, apenas curas verdadeiras através de seu maior remédio: o tempo. E o tempo como remédio é sempre forte, a se tomar sem medo de enfrentar o seu vigor dissimulado pela suavidade de sua passagem.

 

Imagem by Bonnybbx

Você pode gostar também de

Sem comentários

deixe uma resposta