Poemas

O RELÓGIO CALADO

O relógio está atrasado.
As horas continuaram passando
e os ponteiros mal se movendo…
Os números calados
se negando a falar a verdade
das horas que já tinham passado.
O relógio está quase parando.
Todos os instantes se foram
e outros ainda virão…
mas o silêncio é de ordem:
nenhum som
vem do relógio…
que está agora parado
enquanto a vida segue
segue segue segue…

 

Imagem by geralt

Você pode gostar também de

Sem comentários

deixe uma resposta