Poemas

RELEMBRANÇAS DA INFÂNCIA

Balanço-me de leve nas lembranças
que embalam minha passada infância…
Dela a música que me enleva
e a mesma que me leva
a pensar…
Em tudo o que vivi entre amigos
com meus pais
irmão, primos, toda a família…
Solto o coração a recordar!
Tantas imagens me vêm…
Mas desde que os olhos se abrem
vejo o balanço vazio.
Nem eu estou mais lá.

 

Imagem by GloriaJusto

Você pode gostar também de

2 comentários

  • responder
    Gloria Justo
    3 abril 2016 em 18 h 46 min

    Querida Jacqueline, grata por colocar meu nome nos créditos! Que essa imagem mereça a essência e sensibilidade do seu poema!

    • responder
      Jacqueline Aisenman
      6 abril 2016 em 18 h 50 min

      Querida Gloria, sua imagem é linda e os méritos devem ser dados a quem de direito! Obrigada de coração!

    deixe uma resposta