Poemas

SEM NOME

Meu coração

bate só

solitário

ele não pulsa

compulsa

faz inventário

dos meus estados

e se refaz

pedaços de sílabas

palavras e estilhaços.

Não penso em poesia

vivo com ela

sou ela

e dela me abasteço.

Não posso me apresentar

pois nem eu mesma me conheço!

 

Imagem by Lotus Carroll

Você pode gostar também de

Sem comentários

deixe uma resposta