Desvarios

MEU HOMEM VERDADEIRO

Gosto de ti porque és verdadeiro e não fazes e nem és de faz de conta. De manhã, quando acordas, teus olhos trazem ainda o sono… Teu corpo é divinamente imperfeito e tem todos os cheiros… Te amar é bom porque amo a essência amando o frasco inconcluso no qual ela foi posta um dia… exatamente como eu… exatamente como qualquer outro ser. É bom sentir-me amada por ti, meu homem genuíno… porque sei que para mim podes dizer dos teus cansaços, das tuas falhas, dos teus medos, dos teus muros. E eu estarei sempre ao teu lado, te amando a cada dia mais, incontestavelmente… e só porque não és um ilídimo príncipe desencantado.

 

Imagem by Unsplash

Você pode gostar também de

Sem comentários

deixe uma resposta