Desvarios

FRASES… AINDA…

Hoje o dia fará uma pausa: ele não dirá nada, o silêncio será seu rei.
De repente as horas passarão mais lentas, a espera será de ordem. Haverá menos nuvens no céu, talvez elas se deitem sobre a relva ou sobre o leito do rio.
Os pássaros cantarão notas tristes e não farão danças em seus voos. As flores estarão murchas e suas cores se desvanecerão diante da calma inusitada.
Hoje o dia fará uma pausa, grande pausa… porque haverá menos uma voz para cantar sua glória.

 

A nuvem passa branca pelo céu completamente azul. Ela passeia pelo infinito e vai aos poucos se desfazendo…
Não esperará para tornar-se cinza, para se transformar em água e voltar às águas que com o calor a fizeram ser o que é… A nuvem nem formou desenho…
apenas coloriu um pouco o azul e desfez-se… Enquanto isto o brilho do sol se fez onipotente, espalhando seus raios de calor.
Esperando a chegada de outras nuvens, num outro dia, uma outra chuva!

 

Não vou me desgastar fazendo coisas que não gosto.
Não vou me corromper fazendo coisas que não acredito.
Não vou me destruir fazendo coisas que não me fazem bem.
Minha lei maior é a lei do amor e por ela vivo, ajo, sinto…
O que não é amor pode permanecer afastado de mim.

 

Sei do fascínio que exerce a noite sobre mim. A noite e sua quietude, seus tons escuros, seus brilhos casuais. Tenho paixões: a lua que se mostra como uma dama, apenas por partes, meio distante…
ou como uma devassa: inteira, luminosa, quase me tocando com sua beleza tão próxima. Também sou apaixonada pelas estrelas… Todas elas tão distantes, mas fulgurantes como se daqui de baixo tivéssemos acendido todas as luzes do universo. E de vez em quando, quando não se espera, uma estrela corre o céu, finge cair, finge morrer. A noite que cobre a Terra com sua escuridade para que possamos relaxar… deitar… fechar os olhos e partir através do sono para o mundo nada virtual dos sonhos. Os sonhos que tantas vezes são ainda mais reais que a realidade ela mesma e que deixam marcas na gente como se fossem lembranças eternas. Amo a noite! Amo sua proposta de descanso e ao mesmo tempo seu desejo de festa e deleites. A noite que chega cheia de propostas! Gosto de observá-la, senti-la, saborear seus momentos intensos. Até a chegada dos primeiros e tímidos raios de sol. Até o clarear do céu infinito. Até que as estrelas partam dormir. Até que não haja mais vestígio de sonhos… Até que o dia domine as horas e faça da noite prisioneira até o final do entardecer..

 

Sou devota do amor. Nele acredito piamente. Sei dos seus feitos e milagres, creio em tudo o que ele é capaz de realizar. O amor é o maior, o mais belo dos sentimentos e é através dele que tudo o que é bom acontece. Amar a si mesmo, amar aos seus pais, filhos, familiares, amigos, irmãos de vida. Amar o universo e tudo o que dele faz parte. E pelo amor conhecer a única verdade: quem ama não destrói,
não usa da crueldade, não sabe ser mau, não mata. Porque o amor é vida que se eterniza na bondade..

 
Flor, abre preguiçosa. O sol mimando uma lágrima de chuva.

 

Uma senha por favor para o silêncio… GRITO!

 

Imagem by hongmyeon

Você pode gostar também de

Sem comentários

deixe uma resposta