Contos e crônicas

PAIXÃO ESPERADA

Sentada de costas para a porta ela esperava por ele. Não ouviu os movimentos da entrada. Apenas sentiu a respiração forte afagar seu pescoço enquanto as mãos lhe tocavam o ombro. Era noite lá fora e a luz apagada trazia a noite para o interior. Ela sabia dele cada centímetro de paixão exalada. E dela ele conhecia cada recanto da paixão esperada. O encontro foi apaixonado como apaixonados estavam seus corpos. Todas as desculpas do mundo seriam inventadas depois.

 

Imagem by stokpic

Você pode gostar também de

Sem comentários

deixe uma resposta