Poemas

ERA DOCE…

Era doce, suspirava, olhava o céu

Escondia as mãos e dobrava os pés para dentro.

Fosse uma flor seria uma margarida.

As roupas leves, ligeiras,

Os cabelos esvoaçando e os dedos os levando

Para atrás da orelha.

Quase menina

Querendo a mulher.

De dentro dela saindo pelo ventre e os olhos

O mel de existir sem ser.

 

Ontem olhei para frente e vi que além de mim se encontrava apenas o céu. Busquei uma linha, um horizonte, e nada.

 

Imagem by Giuliamar

Você pode gostar também de

Sem comentários

deixe uma resposta