Poemas

DESCONTENTAMENTO

Não quero suas palavras prontas

e nem sorrisos encomendados

mensagens programadas

frases tontas

e olhares enganados.

Sejamos por uma vez,

verdadeiros.

Sejamos desta vez,

inteiros.

Nada de fingir pra passar momentos

nada de fingir que estamos só passando o tempo.

A felicidade não chegou, e agora?

Brincar com isto ou só jogar o resto fora?

Não quero mais fazer de conta

e nem quero votos obrigados

coisas que remontam

a sentimentos estragados.

Sejamos de uma vez

certeiros

deixemos de ser

carcereiros

das verdades caladas

fingindo gostar

das mentiras contadas.

 

Imagem by Simona R

Você pode gostar também de

Sem comentários

deixe uma resposta