Desvarios

COISAS QUE PENSO…

Quanto o tom da minha voz se faz ouvir, saiba que quem ergueu a mesma fui eu e não negarei. Mas só faço isto por bons motivos. Razões fortes. Por nada e à toa ninguém vai me ver elevando a voz com ninguém.

Indiretas são aquelas curvas fechadas na estrada que você só vê quando está em cima.

Ouça minha voz.
Ela traduz em palavras
as batidas do meu coração.

 

A pressa é a melhor amiga da indigestão ( e não só alimentar).

 

Andar de olhos fechados ou andar de olhos abertos no escuro. Certas cegueiras são um estado de espirito.

 

Incertezas levam às dúvidas e estas últimas nos levam à reflexão. E é a reflexão que constrói em nós o desejo de ação, nos levando aos caminhos certos.

 

Tem coisas para as quais a gente sabe que nasceu para ser ou ter. Tem outras que a gente aprende com a vida a inserir na vida da gente. E tem outras ainda que nem com reza braba a gente quer ser ou ter por perto. E algumas vezes as coisas se confundem…

 

Gente fanática se torna cega. E o pior é que as pessoas assim nem se dão conta. Nem do fanatismo e nem da cegueira.

 

Existe crítica construtiva, crítica destrutiva e… crítica desnecessária!

 

Imagem by TheHilaryClark

Você pode gostar também de

Sem comentários

deixe uma resposta