Contos e crônicas

O QUE TE EQUILIBRA?

O que te equilibra? Sério, responde! Se não responder pra mim, responde pra ti mesmo. O que te equilibra? Vem de dentro ou vem de fora? O que te dá aquele sentimento de que os dias passaram (e bem) sem que tenhas lembrado deles a cada manhã ao acordar, ao sair da cama?

O que te equilibra e te dá aquela sensação de quase dever cumprido, talvez não no final de cada dia, mas no momento de olhar alguma foto, ou simplesmente de olhar para trás?

O que te equilibra é uma pessoa, um hábito, uma crença, um remédio, um trabalho, um alimento, um animal, um lugar, um sonho, uma esperança…? O que te equilibra?                                                       O que te faz caminhar sorrindo pelo fio da vida, esta corda de circo que mais alta não poderia estar, com os braços abertos, o sorriso no rosto, até chegar do outro lado? Neste circo, onde não podes olhar para baixo para saber se a rede está lá para te amparar, se o público irá te aplaudir ou está torcendo para que caias… Onde o outro lado nada mais é do que a outra ponta, idêntica ponta de onde saíste em caminhada destemida e quase cega.                                                                                                            O que te equilibra? O que te dá a força de manter o equilíbrio? Vem de dentro ou vem de fora? Veio a ti ou fostes buscar? Te dá o verdadeiro equilíbrio ou apenas a ilusão de estar equilibrado? É de concreto, é um tapete, é uma nuvem, o que está sob os teus pés? Qual a sua solidez?

O que te equilibra poderia te desequilibrar se desaparecesse hoje? E para onde te levaria o desequilíbrio?

 

Imagem by *pascal*

Você pode gostar também de

Sem comentários

deixe uma resposta