Poemas

IMPULSIVA

Não faço rascunhos

nem no papel

nem na vida.

Vivo de impulsos.

Eu pulso.

E impulsiva,

expulso

as rotinas

do coração.

 

Imagem by John O’Nolan

Você pode gostar também de

Sem comentários

deixe uma resposta