Poemas

DESABRACADABRA

Desbravando
caminhos
desfazendo
e tecendo
ninhos.
Desbravadora
derrubando as árvores
sacudindo os medos
vencendo segredos
ditadora!
Cada estrada
aberta
Uma porta
fecha
Abre o passo
incerta
Parte e se
interessa…
Transamazônica
ilusória e militar
Guerra transgênica
eufórica, instava!
Cada trecho um inimigo
Cada inimigo um espinho
Cada espinho uma porta
Cada porta uma batida
Cada batida uma dor.
Acabou.
Não tem mais.
Não tem mágica.
Mais que nada.
Se acaba. Acaba.
Abra. Cada . Dá.
Abra. Dá…
Desacabradou.

 

Imagem by martinak15

Você pode gostar também de

Sem comentários

deixe uma resposta