Poemas

AMAR DIANTE DO ESPELHO

Eu te amo porque me vês tal qual
sou, serei e nunca talvez igual
Eu te amo porque me desejas
assim
Com tudo o que há de bom e mau
em mim
Eu te amo porque me olhas ardentemente
E o desejo acende, tudo rompe e de tudo
independe
Eu te amo porque somos partes,
Somos incondicionalmente a arte
de um reflexo que só a vida é capaz de nos dar
Eu te amo e o que vivemos é o abandono de nós,
o supremo mandamento, a lei única da existência,
emblemática do que somos
E entre nós não há paredes sintomáticas
Há somente a essência do amor, puro, sem danos.
Sei quem és, te aceito em teu nome, amém.
Sabes quem sou, me aceitas em meu nome, amém.

 

Imagem by uditha wickramanayaka

Você pode gostar também de

Sem comentários

deixe uma resposta